se você está procurando adotar ou considerando colocar seu filho para adoção, é uma boa ideia decidir se a adoção aberta é a escolha certa para você e seu filho. Hoje, é cada vez mais comum que pais biológicos e pais adotivos se comuniquem diretamente uns com os outros antes, durante e após a conclusão do processo de adoção. Esse contato pode ocorrer de muitas maneiras diferentes, incluindo através da troca de E-mails, cartas, telefonemas, Chamadas do Skype e visitas presenciais.Mesmo que você não tenha certeza se uma adoção aberta é certa para você, a maioria dos pais nascidos e adotivos acha que falar e se encontrar Antes de se comprometer, ajuda-os a decidir se devem seguir em frente com um plano de adoção. O encontro em pessoa permite que o nascimento e os pais adotivos se conheçam e muitas vezes fornece aos pais biológicos a confiança de saber que eles selecionaram a melhor família para seus filhos. Muitos pais biológicos que têm contato contínuo com a família adotiva acham que receber informações sobre a criança e saber que a criança está prosperando ajuda a aliviar seus sentimentos de perda. As crianças que estão em comunicação direta com sua família biológica podem entender que seus pais biológicos não os abandonaram, Mas tomaram a decisão de colocá-los para adoção por amor a eles. Muitas crianças adotivas também se beneficiam de ter uma conexão direta com outra pessoa com quem têm uma Biologia compartilhada. O benefício para as pessoas adotadas obterem informações médicas atualizadas de membros da família geneticamente relacionados também é inegável. Enquanto alguns pais adotivos temem que uma adoção aberta confunda seu filho, pesquisas em andamento não nasceram dessa preocupação.

infelizmente, existem situações em que uma adoção aberta não é uma opção ou não é a melhor escolha para a criança. Alguns pais biológicos não querem uma adoção aberta porque temem que o contato contínuo seja um lembrete constante da decisão dolorosa que tomaram em um momento difícil de suas vidas. Eles podem acreditar que uma adoção fechada permitirá melhor que eles se curem emocionalmente. Outros pais biológicos não compartilharam o fato de sua gravidez com sua família ou comunidade e podem temer que uma adoção aberta prejudique seu desejo de confidencialidade. Finalmente, há momentos em que a adoção aberta não é do melhor interesse da criança devido às circunstâncias dos pais biológicos.Como qualquer relacionamento, as relações abertas de adoção evoluem ao longo do tempo. O contato Pós-adoção pode aumentar ou diminuir, ou a natureza do contato pode mudar junto com a mudança de vida das pessoas. No entanto, mesmo no relacionamento de adoção mais aberto, o pai biológico não é um co-pai, mas sim outra pessoa muito importante na vida da criança. Os pais adotivos da criança são seus pais legais e têm todos os direitos e responsabilidade pela criança. Mais importante ainda, quando pais biológicos e pais adotivos se propõem a forjar seu relacionamento, as necessidades da criança devem sempre ser primordiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.